contato@cubomagicogoias.com.br


Associação Brasileira de Cubo Mágico

Foi publicado um informativo que indica o crescimento do cubo mágico no Brasil:

"Não é de hoje que existe uma grande vontade da comunidade de cubistas brasileiros de se organizar, fazer do cubo mágico algo mais acessível e dinâmico. Por diversas vezes esse debate aconteceu, sobre uma organização que nos represente no Brasil e lá fora, e que facilite a obtenção de apoio e recursos. Infelizmente, muitas dessas iniciativas não surtiram o efeito esperado.

Vendo essas dificuldades, e alcançando hoje esse patamar extremamente otimista no Brasil sobre a evolução do "speedcubing" e a divulgação do cubo mágico e seus derivados, um grupo se reuniu para dar o primeiro passo.


Tentando ser mais objetivos, foram reunidos alguns membros da comunidade cubística, para discutir e escolher os objetivos iniciais, além de traçar diretrizes sobre os eventos do futuro. Para que não houvesse questões tendenciosas, foram reunidas pessoas com histórico participativo no cubo e também recém chegados, com olhar diferente e questionador, visando assim manter o grupo mais eclético, sem deixar de ser sério.

O trabalho consiste em iniciar a Associação Brasileira de Cubo Mágico (ABCM), para que em Dezembro de 2014 tenhamos nossa primeira eleição direta do grupo de diretores que assumirão a partir de 2015. Nesse período serão definidas regras, mandatos, estatuto e limites de atuação da Associação. De uma forma geral essa atuação estará em torno da organização de campeonatos, melhoria dos calendários de eventos, obtenção de recursos/patrocínios e a democratização da tomada de decisão envolvendo a comunidade e os representantes na ABCM.

Nesse primeiro momento o grupo foi formado pelas pessoas a seguir: Camila Oliveira, Carlos de Alcântara, Daniel Buck, Éder dos Santos, Gabriel Dechichi, Juliana Oliveira, Leandro Alleoni, Leonardo Tambellini, Matheus Oliveira, Pablo Cristian, Pedro Santos, Rafael Cinoto, Renan Cerpe, Rinaldo Pitzer, Rodrigo Ybarra, Walter Pereira e Willian Fidêncio. Posteriormente foi feita uma eleição interna para decidir quem seriam os 9 primeiros diretores, e foram eleitos: Carlos de Alcântara, Daniel Buck, Éder dos Santos, Juliana Moreno, Leandro Alleoni, Pablo Cristian, Pedro Santos, Rafael Cinoto e Willian Fidêncio.

Quanto maior o apoio que tivermos, mais chances teremos de concretizar os objetivos da comunidade a tempo e da melhor forma possível. Não se trata de uma hierarquia que decidirá por todos mas sim de representantes que facilitarão a comunicação entre todos, o país é enorme e precisamos estar atentos às necessidades de cada região. Por isso é de suma importância a contribuição de todos, seja com trabalho, ideias, sugestões ou críticas.

Pretendemos ter um site em breve onde colocaremos mais informações sobre a ABCM, aguardem!

Saudações cubísticas,

ABCM."

Pin It

Outras Notícias

Associação Brasileira de Cubo Mágico

Foi publicado um informativo que indica o crescimento do cubo mágico no Brasil:

"Não é de hoje que existe uma grande vontade da comunidade de cubistas brasileiros de se organizar, fazer do cubo mágico algo mais acessível e dinâmico. Por diversas vezes esse debate aconteceu, sobre uma organização que nos represente no Brasil e lá fora, e que facilite a obtenção de apoio e recursos. Infelizmente, muitas dessas iniciativas não surtiram o efeito esperado.

Vendo essas dificuldades, e alcançando hoje esse patamar extremamente...

Leia mais...
Todos os direitos reservados a Cubo Mágico Goiás